(19) 3114 8497 ou (19) 3836 3318 - WhatsApp (19) 99605-7776

Se alguém te perguntasse como está a saúde financeira de sua empresa, você conseguiria responder com exatidão? As contas estão pagas, talvez uma ou outra atrase o pagamento. Tem o dinheiro de alguns clientes para receber. Um dia ou outro as coisas apertam, mas no fim do mês tudo dá certo, sobra um valor no caixa, não é?

Mas sobrar dinheiro no caixa no fim do mês não quer dizer que a sua empresa está com uma saúde financeira boa, essa é uma forma equivocada de analisar as finanças de sua instituição.

É preciso lembrar que as empresas são abertas para dar lucro e crescer. Ter dinheiro o suficiente para passar o mês, já quer dizer que você está em um bom caminho, mas não é o suficiente diante de mercados extremamente competitivos.

É essencial ser estratégico, saber cada centavo que tem a pagar nos próximos períodos e a receber também. Só assim poderá planejar ações e tomar decisões assertivas.

Para isso, temos 4 dicas fundamentais para você saber exatamente como está a saúde financeira de sua empresa.

1 – Registre as ações

Quer lembrar de uma coisa, anote! Quem já não ouviu milhões de vezes essa frase? Mas o fato é que ela é verdadeira! Fazer esse registro, tem muito mais benefícios do que apenas lembrar, também é possível ter o controle, fazer projeções e visualizar oportunidades ou ameaças.

O registro pode ser feito em planilhas, desde que possa facilmente visualizar as informações. Mas para que esses dados estejam realmente visíveis, utilize um sistema ERP.

2 – Utilize um sistema ERP

O ERP – Enterprise Resource Planning – é um Sistema de Gestão Empresarial que integra as áreas de sua empresa, gerenciando os dados e apresentando as informações de forma intuitiva.

Ao utilizar um ERP, quando alguém te perguntar como está a saúde financeira de sua empresa, é só abrir o sistema que poderá pontuar cada detalhe.

3 – Tenha profissionais especializados cuidando de sua empresa

Quando as pessoas sentem uma dor no joelho, elas geralmente não procuram um clínico geral, marcam um horário com um ortopedista ou ainda mais específico, um ortopedista especializado em joelhos. E por que ao tratar de uma empresa não procuram profissionais especializados na área?

Apenas pessoas especializadas e com experiência nas áreas que atuam saberão lidar com diversas situações que venham a surgir em sua instituição! É difícil contratar e manter um colaborador com essas características? Terceirize a área!

4 – Terceirize o seu financeiro

Pode parecer contraditório, mas é possível saber exatamente como anda o financeiro de sua empresa ao terceirizar essa área. Ao designar o seu setor financeiro para os cuidados de uma empresa especializada, você ganha um parceiro com para o seu negócio.

Além de ter um contrato regulamentando como será prestado o serviço, o que proporciona mais segurança, a empresa terceirizada possui profissionais especializados e com expertise, apoio de sistemas e lida diariamente com diversas situações.

A GSI Brasil cuidando do seu financeiro

A GSi Brasil possui cerca de 30 anos de experiência atendendo empresas com assessoria contábil, fiscal, trabalhista e BPO financeiro. Com formação jurídica, atua em projetos diferenciados.